Blog Oficial Jonathan Bispo

Blog >  O que é Forex

O que é Forex

O que é Forex é o primeiro questionamento daquelas que estão analisando opções de investimentos e ações financeiras. Atualmente os mercados forex são os que mais movimentam volume financeiro por dia no mundo.  São mais de U$ 5 trilhões de dólares negociados todos os dias.

Forex é o mercado de Compra e Venda de moedas. A sigla FOREX vem do inglês Foreign Exchange, que significa Mercado de Câmbio. Toda transação internacional necessita que se faça conversão de moedas e isso vale para empresas, governos e até pessoas físicas. Você pode até achar que nunca teve contato algum com mercados forex, mas já fez alguma viagem internacional? Se a resposta foi positiva, quando você precisa comprar moedas como, por exemplo, dólares para viajar aos EUA, saiba que está participando do Forex.

Qual o tamanho dos mercados Forex?

Como já mencionamos acima, os mercado forex movimentam mais de 5 trilhões por dia, o que deixa no chinelo outros mercados. A bolsa de valores dos EUA, por exemplo, gira “apenas” em torno de 2 bilhões ao dia.

É importante salientar, no entanto, que nem todas as transações de Forex são do tipo spot – nas quais moedas são compradas e vendidas pelo preço atual – e existem também transações de derivativos ligados ao Forex (contratos futuros, por exemplo).

Quais as peculiaridades desse mercado?

Além de ser o mercado com maior volume e liquidez do mundo, outro ponto interessante do mercado de moedas é que ele é internacional e não existe uma centralidade nele (como uma bolsa de valores) e por isso diz-se que ele funciona num formato Over the Counter (OTC).

É possível, portanto, operar nos mercados Forex praticamente 24 horas por dia, 5 dias por semana. Pode-se negociar desde o domingo pela noite (quando já é segunda de manhã na Ásia) até sexta a noite.

Quais são as principais vantagens desse mercado?

Os mercados forex requerem muito estudo e dedicação daqueles que querem entrar, mas ele dispõe também de algumas vantagens.

Facilidade: Com uma grande movimentação diária, podemos afirmar que estes mercados oferecem a maior liquidez no mundo. Dessa forma o forex facilita as operações ao permitir  realizar negociações a qualquer hora do dia.

Flexibilidade de horário: O mercado opera quase que ininterruptamente, ou seja, as chances de eventos e boas negociações se torna mais acessível dentro das 24 horas por dia, e cinco dias úteis por semana que ele está aberto. Essa flexibilidade é muito atrativa para os traders.

Descentralizado: Seu dinamismo e descentralização atrai investidores de todos os estilos e de capitais. Isso porque os mercados Forex permitem investimentos iniciais baixos e de qualquer lugar do mundo. 

Forex: como funciona?

Agora que já respondemos sobre o que é Forex, imagino que a próxima dúvida seja o funcionamento. Então Forex como funciona?  As transações dos mercados forex acontecem sempre por meio de pares de moedas de países diferentes. Uma é trocada pela outra.

Todo bem ou ativo tem um valor de mercado. Ao comprar uma maçã, por exemplo, você está trocando Reais por maçãs (reais/maçã). O mesmo ocorre no mercado de moedas. Elas são sempre negociadas em pares: euro/dólar, dólar/iene, libra/dólar, euro/iene etc.

As operações podem ser para fins de especulação, intervenção governamental, importação e exportação, dentre outros.  Seja para especular na variação cambial ou para realizar uma operação de comércio exterior, sempre será necessário trocar uma moeda por outra.

O que movimenta o mercado Forex?

Como em outros mercado financeiros, nos mercados forex, a lei de oferta e procura também determina os preços dos pares de moedas. Se uma moeda tem alta procura, os preços dela sobem, consequentemente se uma outra tem baixa procura, terá redução de valores. 

Além da oferta e demanda, fatores externos da economia e política também influenciam diretamente nos mercados forex. Taxa de desemprego, confiança do consumidor, índice do PIB, crises políticas, inflação e outros indicadores econômicos prejudicam ou favorecem o mercado cambial. 

Há mais participantes?

Se você já entendeu sobre o que é forex, forex como funciona e a proporção dos mercados forex, é preciso também saber com detalhes sobre os participantes desse mercado. As negociações em Forex necessitam da participação direta de três agentes principais:

Investidor: aquele que investe dinheiro para as operações e negociações.

Corretora: a correta fornece a plataforma de operações e também alavanca as posições.

Banco: vamos citar com mais detalhes abaixo. Em resumo a corretora trabalha com um banco e também possui sua própria conta nesse banco. Nela estão as subcontas dos clientes dos mercados forex.

Qual o papel dos Bancos?

Os grandes bancos possuem um papel importantíssimo nos mercados de Forex. Além de participarem ativamente para seus próprios interesses, eles são os provedores de liquidez por trás de praticamente qualquer transação de Forex.

Ou seja: quando uma grande empresa quer comprar ou vender uma moeda, ela faz isso com um banco. O mesmo ocorre com os traders do varejo (retail). As corretoras de Forex são como uma ponte entre o investidor e os grandes bancos.

O que são traders?

Nos mercados forex e também em outros mercados financeiros, são chamados traders aqueles que realizam operações como, por exemplo, a compra e venda de moeda visando lucros com eventos de curto prazo. 

Não é preciso ter uma formação específica para ser um trader. Você pode ter qualquer formação universitária e ou não ter nenhuma, e mesmo assim entrar na área de trading. Mas é claro que não vai ser da noite para o dia. Se quiser fazer bons negócios, é preciso conhecer sobre economiza, entender as influências no mercado, se manter atualizado, ser bom de negociação e ainda estar disposto a correr riscos em prol de lucros maiores.  





0 Comentários

Publicar um comentário

Comentário
Nome
Email